Hoje acordei assim..




Hoje acordei assim, com esta musica no ouvido ( ou será na cabeça)!
Não sei como nem porquê, o que é certo é que isto n pára d soar cá dentro =S
Deve ser devido às luzinhas na varanda, à arvore de natal que ocupa o canto da sala, e aos saquinhos que agora se dignam a estar pendurados pelas portas da casa e quando fecha as ditas portas fazem um estardalhaço tremendo!

Enfim, a minha mãe decidiu que já era tempo de o Natal invadir esta casa!

A familia, a paz, a harmonia, o amor e aquele je ne sais quois foram-se há tanto tempo dando lugar à hipocrisia, ao consumismo e às rabanadas em cima de uma mesa cheia de velinhas e azevinho na qual se sentam pessoas que passam um ano inteiro sem se falar!

Será que não podemos saltar o mês de Dezembro, fazer assim uma perninha de Novembro para Janeiro..
Raios..Dispensava bem esta época!

Mas enfim, hoje acordei assim..



*SusannaH*

4 comentários:

Anónimo disse...

o natal e importante sim, para estar-mos junto da familia e passar um bom momento.
a crueldade e hipocrisia e que deram cabo de tudo com a televisao...prendas...sorrizos plasticos e etc. ha quem diga que o natal devia e quando quizer....logo so e 1 vez por ano para o pessoal nao andar sempre com a carteira magra. mas se parassem um pouco para pensar no verdadeiro sentido da epoca veriam que da mesmo para ser todos os dias a fim de chegar a um mundo melhor com o entendimento entre todos.
Keep the Good Work :)

Joanha disse...

Olha entao se cortasses o Dezembro quando é q eu fazia anos plima?!***=)

Anónimo disse...

Dou-te desde já os meus sentimentos por teres acordado com uma música TÃO irritante lol.
Pois eu acho que quando eles estão a selecionar os livros pensam sempre que têm de ter algo de secante... se não não tinha piada. :x
Pah o natal já teve mais piada quando era mais miúda e assim... agora é mais aquela altura streessante em que tem de se comprar (poucas) prendas e ao fim de uns anos já n se sabe o q oferecer.
Viva ao consumismo e as tradições importadas de outros países xD somos mesmo originais.

beijinhos *

Mafalda Soares disse...

Olá sra. veterana =P
Eu gosto imenso desta época, enche-me de felicidade a ternura (muitas vezes falsa) que enche as caras de sorrisos. Gosto mesmo disto de andar pela Baixa ao fim da tarde, a ver as montras, a comer castanhas e sentir-me quente com um bom cachecol. É verdade que é uma época hipócrita e consumista, mas o ser humano precisa de, pelo menos uma vez por ano, sentir-se feliz e solidário. Não digo que concordo com a falsidade de oferecer um presente a alguém que odiamos só porque fica bem, até porque eu só dou presentes a meia-dúzia de pessoas e, normalmente, são feitos por mim.
Apesar de tudo, gosto do Natal e tudo aquilo que ele envolve =)

Beijo **