Não confundas amor..




Não confundas o amor com o delírio da posse, que acarreta os piores sofrimentos. Porque, contrariamente à opinião comum, o amor não faz sofrer. O instinto de propriedade, que é o contrário do amor, esse é que faz sofrer. (...) Eu sei assim reconhecer aquele que ama verdadeiramente: é que ele não pode ser prejudicado. O amor verdadeiro começa lá onde não se espera mais nada em troca.







Antoine de Saint-Exupéry, in "Cidadela"

2 comentários:

~the girl with no name~ disse...

vejo que estiveste a ler o meu blog.. ^^ obrigada :D

eu adorei este texto. sempre ouvi dizer que 'o amor dói' ou 'amor é dor', mas nunca quis acreditar. o amor é uma coisa demasiado linda para doer. mas nunca tinha visto isso em texto nenhum. este texto disse tudo, está excelente. e apesar de não ser teu, acredito q serias perfeitamente capaz d escrever algo tão bom, ou melhor, pois também já tive a ler alguns dos teus textos no blog, mas antigos =P

Beijinhos

Amarguinha disse...

Neste mundo de trocas...o amor passou a ser um bem precioso que só alguns têm a sorte de possuir.

Se vivessemos num País comunista..eramos todos muito felizes... o amor deixava de ser apenas de alguns e passava a pertencer a todos. =p*


eheheh